1. Uma das áreas que mais cresce no País é a de cursos profissionalizantes, sendo dificilmente atingida pelas crises;
  2. O material didático impresso é adquirido separadamente conforme sua necessidade. Não é exigida compra mínima mensal ou qualquer outro compromisso. Porém a utilização do material didático se faz necessária para se obter toda a qualidade de aprendizagem oferecida o Instituto Cefop;
  3. Com este sistema de ensino, os alunos são matriculados o ano todo, não sendo necessária a espera de formação de turma, podendo iniciar suas aulas no mesmo dia da matrícula;
  4. O investimento é baixo;
  5. A franqueadora oferece todo o suporte na implantação da unidade e o apoio para a continuidade do negócio;
  6. Assessoria para ajudar a manter os alunos na unidade;
  7. Assessoria para reduzir inadimplência;
  8. Profissionais de marketing para suporte na captação de novos alunos;
  9. Professor on-line para oferecer suporte aos instrutores das unidades quanto às dúvidas referentes aos cursos desenvolvidos pela Cefop;
  10. Suporte técnico on-line sobre o sistema de ensino Cefop;

 img vantagens

11.  Treinamentos de funcionários, gerentes e outros, com vídeos, DVDs e muito mais;

12.  Nossos FRANQUEADOS Cefop vem encontrando muitas outras vantagens decorrentes da estrutura organizacional em formato de rede cooperativa e inteligente;

13.  Tipo de negócio onde o retorno do capital investido é rapidamente atingido em vista de outros negócios.

O MERCADO

O mercado de cursos livres e profissionalizantes, seja na área administrativa ou com foco em Informática está em grande expansão, como demonstram os seguintes dados apresentados pelo IBGE, SEBRAE, Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho de SP, Comitê Gestor da Internet e Ministério do Trabalho:

  • 49% da população brasileira nunca utilizou um computador;
  • 27% dos domicílios brasileiros não possuem computador porque os residentes não sabem utilizar;
  • 53% dos alunos matriculados no Ensino Fundamental e 27% dos alunos do Ensino Médio nunca utilizaram computador;
  • Da população na faixa etária entre 35 e 44 anos, 57% nunca usou computador, e da faixa entre 45 e 59 anos, 77% também não;
  • 45% da classe C nunca usou computador, e nas classes D e E esse índice sobe para 74%;
  • 67% dos trabalhadores desempregados nunca fizeram um curso profissionalizante;
  • 60% das pessoas que utilizam o computador reconhecem que não possuem habilidade suficiente para o mercado de trabalho;
  • 12% das empresas em 2008 recrutaram profissionais de TI, porém 85% delas tiveram um processo demorado por falta de qualificação profissional deste na área;
  • Cerca de 42% da população economicamente ativa, entre 15 e 64 anos, não completou o Ensino Fundamental, sendo esse o principal motivo do desemprego;
  • 65% dos alunos que terminaram cursos de qualificação conseguiram entrar no mercado de trabalho.

Este estado ainda não possui nenhum unidade, clique no mapa e descubra quais unidades estão nos outros estados.

Alternative flash content

Requirements

TracadorMontador